Lançamento do livro “A Diplomacia e a Independência de Portugal”

16-12-2022 | 17:00 | Salão Nobre do Palácio da Independência (ao Rossio), Lisboa

Lançamento do livro “A Diplomacia e a Independência de Portugal”

O ciclo Diplomático da Sociedade Histórica da Independência de Portugal e os Organizadores têm a honra de convidar V. Exa para o lançamento do livro  “A Diplomacia e a Independência de Portugal”

A obra será apresentada pelo Dr. José Manuel Durão Barroso

*JOÃO ROSA LÃ licenciou-se em Finanças pelo Instituto de Ciências Económicas e Financeiras, em Lisboa.
Diplomata de carreira, atualmente jubilado, serviu em Genebra, Rabat, Caracas, Bruxelas e Washington, tendo sido posteriormente nomeado Embaixador na Guiné Bissau, em Haia, Viena, Madrid, Paris e Rabat.
Em Lisboa, desempenhou funções de Conselheiro Diplomático do Primeiro-ministro, Prof. Cavaco Silva, e Assessor Diplomático do Ministro da Republica para os Açores, General Vasco Rocha Vieira. Foi Diretor Geral dos Assuntos Multilaterais e Defesa do M.N.E., responsável igualmente da presidência Portuguesa da O.S.C.E.
Foi Secretário do Ministro das Finanças e Economia, assessor financeiro da Federação Nacional dos Lanifícios e da Comissão Reguladora dos Produtos Químicos e Farmacêuticos. Exerceu funções docentes na Universidade Nova, tendo lecionado a cadeira de História das Relações Económicas Internacionais. Foi auditor do curso do Instituto de Defesa Nacional.
É presentemente Presidente da Comissão dos Assuntos Europeus da Sociedade de Geografia de Lisboa e membro da Academia de Marinha.
Tem proferido conferências e palestras no Instituto de Defesa Nacional, no Instituto de Estudos Superiores Militares, na Academia de Marinha, na Sociedade de Geografia, em diversas Universidades e outras instituições, sobre matérias relacionadas com Relações Internacionais. Tem vários artigos publicados em revistas da especialidade.
Publicou em 2014 o livro de memórias Do Outro Lado das Coisas – (In)Confidências DiplomáticasO Passarinho Frito e Outras Histórias é a sua primeira obra de ficção.

 

*ANA MARIA HOMEM LEAL DE FARIA é licenciada (1971) e doutorada (2004) em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, onde é Professora Auxiliar do Departamento de História. É ainda Investigadora do Centro de História da Universidade de Lisboa, académica correspondente da Academia Portuguesa da História, sócia fundadora da Associação de Professores de História e membro do Conselho Nacional de Educação. Entre a sua obra publicada, conta-se Arquitectos da Paz. A Diplomacia Portuguesa de 1640 a 1815 (2008), que recebeu o Prémio Fundação Calouste Gulbenkian para História Moderna e Contemporânea de Portugal; “Dominicanos”, in Dicionário Histórico das Ordens e Instituições Afins em Portugal, Gradiva, 2010; “O restabelecimento de relações diplomáticas entre Portugal e a Santa Sé na Regência de D. Pedro”, in As relações Igreja-Estado no tempo da monarquia (2009).

*ALICE CUNHA é doutorada em História Contemporânea pela Universidade Nova de Lisboa e investigadora no Instituto de História Contemporânea, onde também cocoordenadora da linha de investigação sobre Integração Europeia, área na qual tem publicado.
Os seus principais interesses de investigação estão relacionados com a história da integração europeia, os estudos sobre o alargamento e os fundos europeus.

Deixe um comentário